A  |  A+ |  A-
Apresentação
Unidade: Faculdade de Saúde Pública – ( FSP )
Curso: Bacharelado em Saúde Pública – vespertino
Duração: 8 semestres

Descrição de perfil de aluno

O graduando em saúde pública deve possuir uma formação generalista, humanista, crítica e reflexiva no campo da saúde pública ou saúde coletiva. Sua formação deve incorporar conhecimentos nas áreas de interface e de determinação da situação de saúde, tais como ciências biológicas, ciências humanas e sociais, epidemiologia, política e gestão em saúde, ciências ambientais, de modo a desenvolver as seguintes competências:

  • Compreender o processo de produção dos principais agravos à Saúde;
  • Formular e implementar políticas de saúde;
  • Desenvolver, implementar e gerenciar sistemas de informação em saúde (no âmbito da gestão, da saúde coletiva e da saúde ambiental);
  • Propor e recomendar ações de promoção à saúde, de prevenção, monitoramento e controle de riscos ambientais, doenças e agravos à saúde no âmbito coletivo.
  • Administrar, gerenciar, monitorar e avaliar sistemas, serviços e programas de saúde e de saúde ambiental em diferentes âmbitos.

Objetivos do curso

Formar um profissional com sólido conhecimento técnico-científico, capaz de atuar efetiva e eticamente nos diferentes lócus de atuação que a saúde pública comporta.
Competências / Habilidades

Competência: Compreender o processo de produção dos principais agravos à Saúde.

Desempenhos:

  • Emprega conceitos das diferentes áreas de conhecimento para compreender a gênese e a caracterização dos agravos à saúde e seus diferentes contextos;
  • Identifica os principais agravos à saúde das coletividades;
  • Utiliza informações biológicas, demográficas, epidemiológicas, ambientais e sociais com base em métodos estatísticos, epidemiológicos e de pesquisa social, assim como informações referentes às dimensões simbólicas e sociais da saúde.

Competência: Formular e implementar políticas de saúde

Desempenhos:

  • Analisa a conjuntura e identifica atores implicados na produção da saúde, reconhecendo interesses e valores antagônicos, complementares ou sinérgicos;
  • Constrói, negocia e desenvolve políticas de saúde coerentes com diferentes contextos e orientadas pelos princípios da universalidade, integralidade e equidade;
  • Utiliza dispositivos para promover a participação e a co-responsabilização dos diferentes atores sociais na formulação e implementação das políticas de saúde;
  • Articula segmentos e atores na perspectiva da intersetorialidade para a promoção da saúde e melhoria da qualidade de vida dos diferentes grupos populacionais;
  • Monitora e avalia a implementação das políticas de saúde.

Competência: Desenvolver, implementar e gerenciar sistemas de informação em saúde (no âmbito da gestão, da saúde coletiva e da saúde ambiental)

Desempenhos:

  • Conhece e maneja os diferentes sistemas de informação demográfica e em saúde;
  • Domina recursos para desenvolver raciocínio lógico, observação, interpretação e análise crítica de dados e informações;
  • Conhece ferramentas computacionais que permitam dialogar com os profissionais que produzem solução de problemas em Sistemas de Informação.

Competência: Propor e recomendar ações de promoção à saúde, de prevenção, monitoramento e controle de riscos ambientais, doenças e agravos à saúde no âmbito coletivo.

Desempenhos:

  • Detecta mudanças nos riscos sanitários em seus aspectos sociais, de produtos, serviços e do ambiente que interfiram na saúde humana;
  • Utiliza diversas fontes de informação para analisar as situações de risco sanitário;
  • Identifica e caracteriza a população envolvida;
  • Implementa medidas de prevenção e controle das situações de risco coletivo de doenças e agravos;
  • Executa ações de vigilância epidemiológica e sanitária;
  • Implementa medidas e prevenção e controle das situações de riscos ambientais;
  • Apoia e assessora os processos de regulação ambiental;
  • Planeja e desenvolve ações de promoção à saúde, educação e comunicação social para a saúde levando em conta as referências socioculturais dos grupos envolvidos;
  • Colabora na definição de formas de enfrentamento de agravos à saúde por parte dos diferentes grupos populacionais.

Competência: Administrar, gerenciar, monitorar e avaliar sistemas, serviços e programas de saúde e de saúde ambiental em diferentes âmbitos

Desempenhos:

  • Realiza análise constante do contexto externo, identificando oportunidades e obstáculos para a gestão em saúde e em vigilância sanitária e ambiental;
  • Define estratégias e ações de saúde orientadas à integralidade e adequadas a diferentes espaços, contextos;
  • Define estratégias e ações de gestão do trabalho em saúde;
  • Favorece a interação e o trabalho em equipe e a articulação em rede de diferentes equipamentos de saúde;
  • Promove avaliação constante do processo de trabalho, bem como ações de educação permanente junto às equipes;
  • Gerencia recursos físicos, materiais e financeiros da saúde;
  • Avalia estratégias e ações locais, regionais e nacionais de saúde;
  • Apoia e assessora os processos de regulação no setor saúde.

Outras informações

O curso de graduação em saúde pública está organizado por meio de cinco eixos que fornecem as bases para a compreensão das diferentes dimensões do processo-saúde doença e das formas de intervenção e cuidado em saúde. São os seguintes eixos: Ciências da Vida; Ciências Humanas e Sociais; Epidemiologia, Bioestatística e Sistemas de Informação em Saúde; Políticas Públicas, Planejamento e Gestão; Meio Ambiente e Saúde Pública. A estrutura dos eixos é disciplinar, supondo uma integração longitudinal temática entre as diferentes disciplinas.