Saude Pública

espanha use usp
  • Alumni
  • Facebook
  • Twitter

Notícias

voltar

Docentes da FSP USP lançam livro sobre "Gestão da coleta seletiva e de organizações de catadores" em Congresso Internacional

Imagem: Capa do livro.

Imagem: Capa do livro.


06 • 12 • 2017

A Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) do Ministério do da Saúde realizou, no período de 26 de novembro a 01 de dezembro de 2017, o I CIESA - Congresso Internacional de Engenharia de Saúde Pública e de Saúde Ambiental, em Belém (PA).

No dia 29.11.2017 a Profa. Wanda Risso Günther participou de mesa redonda apresentando os resultados da pesquisa intitulada Coleta Seletiva: modelos de gestão com e sem inclusão de catadores, vantagens e desvantagens na perspectiva da sustentabilidade, desenvolvida entre pesquisadores da FSP, IEE e WIEGo, coordenada pelas Profas. Helena Ribeiro e Wanda Günther, com financiamento da própria FUNASA.

Como produto da pesquisa foi editado o livro: Gestão da coleta seletiva e de organizações de catadores: indicadores e índices de sustentabilidade, cujo lançamento teve lugar também neste congresso. O objetivo dessa publicação é disponibilizar ferramentas (matriz de indicadores e índices de sustentabilidade) para apoiar gestores públicos e organizações de catadores na operação e avaliação de sistemas de coleta seletiva, visando atendimento a prerrogativas da Política Nacional de Resíduos Sólidos e a melhoria das condições ambientais e de saúde e segurança do trabalhador da reciclagem.

Essa publicação impressa, também apoiada pela FUNASA, está sendo distribuída gratuitamente em todo território nacional e pode ser acessada no link: http://www.fsp.usp.br/site/paginas/mostrar/160. Há também a versão aprimorada, que envolve uma Plataforma Digital, composta por 2 questionários que alimentam de forma automática o cálculo de indicadores e índices de sustentabilidade, com acesso gratuito on line acessada por meio do link: http://www.iee.usp.br/pics/.

Os usuários, sejam gestores públicos ou organizações de catadores, podem ter seus indicadores e índice calculados a cada 6 meses e acompanhar a evolução de seu desempenho com relação à sustentabilidade de sua atuação.

Fonte: Profa. Wanda Risso Günther - Docente do Departamento de Saúde Ambiental da FSP/USP.