Para elaborar este artigo, os autores realizaram buscas nas bases de dados eletrônicos: “Medline”, “Embase” e “Web of Science” para obter artigos relacionados às alterações metabólicas associadas à inatividade física e excesso de alimentação.