fbpx

Muito se fala sobre o uso de tipos diferentes de sal, neste mês de Abril teremos o dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial (26/04) e, por isso, vamos preparar alguns posts sobre o sal (seu consumo em excesso é a principal causa do aumento da pressão arterial).
Hoje vamos falar do Sal light, você com certeza já ouviu falar algo sobre ele não é mesmo? Aqui vamos esclarecer uma dúvida: O sal light é melhor do que o sal de cozinha comum?

Vamos lá… o sal light tem menor concentração de sódio em sua composição, pois ele é uma mistura de 50% de cloreto de potássio e 50% de cloreto de sódio. Sendo assim seu consumo reduziria a quantidade de sódio na dieta, MAS pode e vai aumentar a quantidade de Potássio ingerido. E isso é ruim? De maneira geral, os excessos de qualquer nutriente não são recomendados, a moderação e o equilíbrio entre os diversos grupos de alimentos e nutrientes é muito importante para uma boa saúde. Porém, para quem tem restrição de consumo de potássio, como doentes renais, essa substituição NÃO é recomendada, pois pode sobrecarregar os rins, trazendo prejuízo à saúde.
O uso do sal comum ou light deve ser ponderado! Prefira usar outros temperos naturais como alecrim, tomilho, salsinha, cebolinha, cebola, alho, etc., eles dão muito sabor a sua comida e até mesmo dispensam o uso de sal. Também é melhor recomendado o uso de sal de ervas, ele é saboroso e também reduz o consumo de sal. Fique atento aos nossos próximos posts, iremos te ensinar uma receitinha prática de Sal de Ervas!!

#SustentareaInforma #Desmistificando #SalLight #ModeraçãoEquilíbrio #AlimentaçãoSaudável #AlmentaçãoSustentável #SalDeErvas #FaçaEmCasa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
7 × 13 =