fbpx
Você sabia que as mudanças no clima podem afetar a produção de alimentos?

A variabilidade e mudanças climáticas extremas, como as ondas de calor, secas, inundações, incêndios e alteração do padrão das chuvas prejudica a produtividade da agricultura e, consequentemente, a produção de diversas culturas alimentares, contribuindo assim para a falta de alimentos disponíveis e até para a alta dos preços. E se não forem enfrentadas por estratégias de mitigação e adaptação adequadas, essas mudanças irão impactar a segurança alimentar e nutricional mundial, o que pode comprometer seriamente o alcance do ODS 2. Além disso, pode afetar a composição nutricional dos alimentos, o que pode ter consequências importantes para a saúde das pessoas.

Estudos sugerem que, devido ao estresse causado pelo aumento da temperatura projetado para este século, a produção continuará a diminuir para as principais culturas. Isso porque as temperaturas mais altas afetam adversamente o crescimento, a polinização e os processos reprodutivos da planta. A produção de frutas e vegetais, alimentos que compõe uma alimentação adequada e saudável, também é vulnerável às mudanças climáticas. Quedas na produtividade e na adequação da cultura são projetadas sob temperaturas mais altas, especialmente nas regiões tropicais e subtropicais.

Um dos pontos mais intrigantes nisso tudo é que a própria produção de alimentos, especialmente de animais para consumo humano e seguindo a lógica predominante atualmente, é uma das causas mais relevantes de emissão de gases de efeito estufa, afetando a continuidade de sua produção.

É urgente a criação e adoção de estratégias de mitigação e adaptação para lidar com os impactos das mudanças no clima, como investimentos em pesquisas e tecnologias na agricultura, a gestão sustentável do manejo da terra, desenvolvimento de uma lógica agrícola com baixas emissões de gases de efeito estufa e adaptação das culturas para se tornarem mais resistentes aos extremos de calor e estresses hídricos.


_
Por Priscila Oliveira (@priscila64), Nadine Marques (@nadinemnunes) e Alisson (@alissondmach).

Referências:

1. https://www.embrapa.br/olhares-para-2030/mudanca-do-clima/-/asset_publisher/SNN1QE9zUPS2/content/carlos-nobre?inheritRedirect=true
2. http://www.observatoriodoclima.eco.br/wp-content/uploads/2020/11/OC_RelatorioSEEG2020_final.pdf
3. https://www.ipcc.ch/srccl/chapter/chapter-5/
4. https://iopscience.iop.org/article/10.1088/1748-9326/ab5cc0
5. https://nph.onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/ppp3.10145
6. https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2212094715300116
7. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26947322/
.
.
.
#Sustentarea #odsSustentarea #ods #ods13 #SustentareaeODS #mudançasclimáticas #SustentareaeODS #meioambiente #agenda2030 #ONU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
16 × 20 =