Resumo

Introdução: Os Restaurantes Universitários (RU) são espaços estratégicos para práticas alimentares saudáveis e sustentáveis dentro dos campi da Universidade. Isso se torna ainda mais importante considerando que a má alimentação é um dos principais fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis e que a atual produção de alimentos tem sido associada a um grande impacto ao meio ambiente.

Objetivo: Desenvolver o índice Eco-RU, que avaliará aspectos nutricionais e de sustentabilidade para os cardápios oferecidos nos RU da USP que poderá ser acessado por meio de um aplicativo on-line (Jopiter), facilitando a escolha das refeições e restaurantes com base na autonomia e consciência alimentares.
Métodos: Serão necessários: desenvolvimento de indicadores nutricionais e ambientais, validação do índice e implementação do índice no Jopiter. O desenvolvimento dos indicadores já foi feito baseado em revisão bibliográfica e nos cardápios dos RU da USP dos últimos dois anos, coletados pelo aplicativo gratuito Jopiter, desenvolvido por um membro do projeto e que funciona desde 2017. A validação do índice será feita por meio de painel de especialistas. O desenvolvimento da ferramenta para a categorização automática dos grupos de alimentos, pegada de carbono e preparações culinárias das refeições publicadas diariamente no site da Superintendência de Assistência Social (SAS) da USP será feita por meio de técnicas de Inteligência Artificial e Mineração de Dados.

Resultados esperados: O desenvolvimento de um índice inovador, acessível e de fácil entendimento para avaliar, qualitativamente, os aspectos nutricionais e de sustentabilidade dos cardápios dos RU. Além disso, o índice pode ser aplicado em todos os restaurantes dos campi da USP, com acesso instantâneo para os comensais a partir do aplicativo Jopiter. Espera-se também subsidiar os gestores da USP sobre a qualidade nutricional e de sustentabilidade dos cardápios oferecidos, fomentando melhorias na elaboração e planejamento dos cardápios dos RU. Além disso, serão utilizados materiais educativos para apoiar e promover escolhas alimentares mais saudáveis e sustentáveis pelos usuários dos RU, além de contribuir para ampliar a autonomia dos comensais.