World Food Forum: evento na FAO reúne jovens e outros atores para discutir a transformação dos sistemas agroalimentares

O World Food Forum (WFF, ou do português Fórum Mundial da Alimentação) ocorreu em outubro na sede da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) em Roma, na Itália. Lançado em 2021, o WFF, segundo descrição no seu site, é uma uma rede global independente liderada por jovens e formada por parceiros facilitados pela FAO. O evento deste ano reuniu ainda outros três eventos emblemáticos na área da alimentação: o WFF Global Youth Forum, o FAO Science and Innovation Forum e o FAO Hand-in-Hand Investment Forum. O propósito dessa rede é catalisar um movimento global que capacite jovens em todo o mundo a desempenhar um papel ativo na configuração dos sistemas agroalimentares, visando alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e construir um futuro alimentar mais promissor para todos.

O tema escolhido para 2023 foi “A transformação dos sistemas agroalimentares acelera a ação climática”. Ao longo de uma semana, o evento atraiu 6.000 participantes presenciais e mais de 20.000 online. A presença de mais de 1.500 crianças enriqueceu ainda mais a experiência do evento. Foram realizados mais de 400 eventos, incluindo atividades paralelas e exposições. Um aspecto interessante do WFF é a capacidade de reunir e conectar diversos participantes, como grupos de jovens, influenciadores, empresas, instituições acadêmicas, organizações sem fins lucrativos, governos, mídia e o público em geral. As discussões levantadas no evento podem ser encontradas nas mídias sociais do World Food Forum e no site

Duas mentoras do Sustentarea estiveram presentes no evento: Ana Luiza Domingos (@algdomingos) e Ana Maria Bertolini (@anabertolinii).

Ana Luiza Domingos integra a segunda coorte do Young Scientist Group, uma iniciativa do World Food Forum, sendo a única representante da América Latina e do Caribe neste grupo. Com uma duração de 2 anos, a coorte visa fornecer evidências científicas e conhecimento técnico para as diversas iniciativas do Fórum. Durante o World Food Forum, os membros do grupo, incluindo Ana Luiza, mantiveram uma intensa agenda de compromissos. 

“Eu tive o prazer de participar de momentos muito significativos para mim, tanto pessoal quanto profissionalmente: a inauguração da Biblioteca Global de Árvores e Flores (Parque da FAO), ter a oportunidade de falar na Cerimônia de Abertura do WFF, e também na Assembleia Regional da América Latina e Caribe”. 

Ana Maria Bertolini é doutoranda em Saúde Global e Sustentabilidade e atualmente está realizando um estágio de pesquisa no Instituto de Saúde Global de Barcelona, na Espanha, e tendo em vista a facilidade de acesso, teve a oportunidade de acompanhar o evento presencialmente como visitante, entusiasta e pesquisadora no âmbito da governança global de sistemas alimentares e segurança alimentar e nutricional. Durante os cinco dias de evento, Ana participou das inúmeras discussões e atividades propostas.

“Participar de um evento organizado na sede da FAO foi uma oportunidade profissional muito relevante para a minha carreira como pesquisadora, sobretudo a partir dos contatos que fiz e das relações que construí durante esses dias, mas além disso, foi a realização de um sonho”. 

Ana Luiza Domingos
Pesquisadora
Ana Maria Bertolini
Pesquisadora
Tags: No tags

Faça seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Solve : *
24 × 13 =